domingo, 4 de outubro de 2009

Dia de São Chiquinho e dos Animas




Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

Um comentário:

  1. achei esse comentario muito lindo Paula vc é uma pessoa muito boa que escreveu isso não te conheço mais achei muito lindo essa frase se todas as pessoas levasse essa mensagem para o proximo o mundo seria menos violento. um abraço muito forte para vc e fique com deus.

    ResponderExcluir